Twitter

CUT MS > LISTAR NOTÍCIAS > AGÊNCIA DE NOTÍCIAS > EDUCADORES DE DOURADOS VÊEM RETROCESSO NA PROPOSTA DO GOVERNO PARA O ESTATUTO DOS TRABALHADORES EM EDUCAÇÃO DE MS

Educadores de Dourados vêem retrocesso na proposta do Governo para o Estatuto dos Trabalhadores em Educação de MS

29/11/2011

Simted de Dourados definiu como retrocesso a proposta de reformulação da Lei Complementar nº 0087/2000, que trata do Estatuto dos Trabalhadores em Educação de Mato Grosso do Sul

Escrito por:

 

O Sindicato Municipal dos Trabalhadores em Educação – Simted de Dourados definiu como retrocesso a proposta de reformulação da Lei Complementar nº 0087/2000, que trata do Estatuto dos Trabalhadores em Educação de Mato Grosso do Sul e que foi sugerida pelo Governo do Estado. A referida proposta foi encaminhada aos educadores pela Federação dos Trabalhadores em Educação do Mato Grosso do Sul – Fetems.

O Simted entende que muitos pontos apresentados não contemplam os administrativos, no que poderia servir como vantagem aos mesmos, melhorando a carreira e projetando avanços para qualidade de vida dos educadores e para a melhoria da educação no Estado.

“Entendemos que além de não contemplar os administrativos, o projeto mostra a visão que tem o Governo do Estado sobre o funcionalismo público, já que em determinado artigo ele deixa evidente a intenção de demitir servidores efetivos. Esse projeto do Governo nos faz lembrar o sepultado Ato Intitucional número 5 (AI-5) da época da ditadura militar dos anos 60 e 70 do século passado. Além de ser retrocesso, mostra claramente o jeito de governar do atual Governador do Estado” explica o presidente do Simted, José Carlos Brumatti.

Em Dourados o projeto foi debatido ponto por ponto entre os servidores do Estado em um debate conduzido por Brumatti e pelo atual vice-presidente e presidente eleito, João Vanderley de Azevedo, que assumirá o cargo em fevereiro do ano que vem.

João destacou a participação dos trabalhadores e trabalhadoras. “Foi muito boa a participação dos educadores e foi um debate muito proveitoso. Levamos nosso posicionamento à Fetems e lá, felizmente, a categoria rejeitou por unanimidade esse projeto nefasto do Governo”. explicou João.

  • Imprimir
  • w"E-mail"
  • Compartilhe esta noticia
  • FaceBook
  • Twitter

Conteúdo Relacionado

TV CUT
João Felício, presidente da CSI, Confederação Sindical Internacional, presta solidariedade a sindicalistas coeranos presos.
João Felício, presidente da CSI, Confederação Sindical Internacional, presta solidariedade a sindicalistas coeranos presos.

João Felício, presidente da CSI, Confederação Sindical Internacional, presta(...)

RÁDIO CUT
INSTITUCIONAL
SECRETARIAS
ESTRUTURA

CENTRAL ÚNICA DOS TRABALHADORES DO MATO GROSSO DO SUL
Travessa Coronel Edgarde Gomes, 49 | São Tomé | CEP 79002-339 | Campo Grande | MS
Fone: (55 67) 3325.9406 / 3325.8378 | www.cut-ms.org.br | e-mail: cutms.ms@hotmail.com