Twitter

CUT MS > LISTAR NOTÍCIAS > DESTAQUE CENTRAL > ATO EXIGE APROVAÇÃO IMEDIATA DOS 10% DA RECEITA CORRENTES BRUTAS DA UNIÃO PARA A SAÚDE

Ato exige aprovação imediata dos 10% da receita correntes brutas da União para a saúde

04/10/2013

CUT-MG, sindicatos, movimentos sociais e Conselho Municipal de Saúde de Belo Horizonte promoveram manifestação no Minascentro

Escrito por: Rogério Hilário/CUT-MG

03/10/2013

A Central Única dos Trabalhadores de Minas Gerais (CUT-MG), sindicatos filiados e outras entidades, movimentos populares e o Conselho Municipal de Saúde de Belo Horizonte realizaram no início da tarde desta quarta-feira (2) ato público pela aprovação urgentíssima, no Congresso Nacional, do projeto de lei de iniciativa popular 321/2013, que garante 10% das receitas correntes brutas da União para a  saúde pública. O projeto colheu 2,2 milhões de assinaturas, por intermédio do Movimento Nacional em Defesa da Saúde Pública – Saúde + 10.

A manifestação aconteceu em frente ao Minascentro, na Região Central da capital mineira, e atraiu centenas de participantes do 2º Congresso Brasileiro de Política, Planejamento e Gestão de Saúde, promovido pela Associação Brasileira de Saúde Coletiva (Abrasco). O ato também comemorou os 25 anos de criação do Sistema Único de Saúde (SUS).

O ato foi coordenado pelo secretário da Juventude da CUT/MG e presidente do Conselho Municipal de Saúde, Ederson Alves da Silva. Representou também a Central o secretário de Saúde do Trabalhador, Djalma de Paula Rocha.

Manifesto pelo PLP 321/2013

Reforçado pelas mobilizações das ruas no mês de junho, no dia 5 de agosto de 2013, o POVO BRASILEIRO marcou a história do SISTEMA ÚNICO DE SAÚDE,  nos seus 25 anos, com a entrega de cerca de 2,2 milhões de assinaturas para o PROJETO DE INICIATIVA POPULAR que garante 10% das receitas correntes brutas da União para a Saúde Pública.

Agora, o MOVIMENTO NACIONAL EM DEFESA DA SAÚDE PÚBLICA – Saúde + 10 – tem uma nova fase na luta, PRESSIONAR O CONGRESSO NACIONAL para a votação em regime de URGÊNCIA, URGENTÍSSIMA, do Projeto de Lei de Iniciativa Popular nº 321/2013, que trata do Financiamento da SAÚDE PÚBLICA BRASILEIRA.

O Movimento Nacional em Defesa da Saúde Pública – SAÚDE + 10 – tem o aval do povo brasileiro, e assim queremos conferir à sociedade, nas comemorações dos 25 anos do Sistema Único de Saúde – SUS, a garantia de que a saúde pública terá a segurança de financiamento. Estamos pedindo 10% da receita corrente bruta da União para a saúde.

Portanto, essa fase de mobilização e participação social é essencial para o Movimento. A OAB, CNBB, CNS, Centrais Sindicais, Movimentos Sociais, Movimentos Populares, Conselho Profissionais, várias entidades e mais de 2 milhões de brasileiros e brasileiras, têm uma PROPOSTA CONCRETA, que é o PROJETO DE LEI 321/2013, que irá garantir melhorias no sistema de saúde, para um   SUS PÚBLICO, UNIVERSAL, INTEGRAL e de QUALIDADE.

A primavera que garantiu a regulamentação da EMENDA CONSTITUCIONAL nº 29, em 2011, pela mobilização de rua, precisa se repetir em 2013 na consolidação dos 25 anos do SUS. Precisamos ocupar as ruas e praças das nossas cidades e comunidades.

É hora de procurarmos nossos prefeitos, governadores, sindicatos, associações de moradores que entendem a importância do FINANCIAMENTO DA SAÚDE e fazermos pressão nas ruas e no Congresso Nacional para garantir a votação urgente, urgentíssima do PLP 321/2013.

O Movimento SAÚDE + 10 convoca todos, para no período de 5 A 11 de outubro de 2013 (período de comemoração dos 25 anos do SUS, da garantia constitucional da saúde como direito), mobilizar sua comunidade, do campo ou da cidade, para que promova ações de pressão a seus parlamentares, converse com seus gestores de saúde, governadores , prefeitos, secretários de saúde, e diga que você  é FAVORÁVEL ao SUS e que o Projeto 321/2013 precisa ser votado em regime de URGÊNCIA URGENTÍSSIMA!

  • Imprimir
  • w"E-mail"
  • Compartilhe esta noticia
  • FaceBook
  • Twitter

Conteúdo Relacionado

TV CUT
João Felício, presidente da CSI, Confederação Sindical Internacional, presta solidariedade a sindicalistas coeranos presos.
João Felício, presidente da CSI, Confederação Sindical Internacional, presta solidariedade a sindicalistas coeranos presos.

João Felício, presidente da CSI, Confederação Sindical Internacional, presta(...)

RÁDIO CUT
INSTITUCIONAL
SECRETARIAS
ESTRUTURA

CENTRAL ÚNICA DOS TRABALHADORES DO MATO GROSSO DO SUL
Travessa Coronel Edgarde Gomes, 49 | São Tomé | CEP 79002-339 | Campo Grande | MS
Fone: (55 67) 3325.9406 / 3325.8378 | www.cut-ms.org.br | e-mail: cutms.ms@hotmail.com