Twitter

CUT MS > LISTAR NOTÍCIAS > DESTAQUES > CUT REPUDIA INTERFERÊNCIA DE ACM NETO NA TRANSMISSÃO DO CARNAVAL DE SALVADOR

CUT repudia interferência de ACM Neto na transmissão do Carnaval de Salvador

12/02/2018

Para a Central, ao impedir a colocação das câmeras da TVE no circuito Barra Ondina, a prefeitura de Salvador beneficia a Rede Globo, aliada do prefeito do DEM

Escrito por: RBA

 A CUT Bahia divulgou hoje (11) nota de repúdio à interferência do prefeito de Salvador, ACM Neto (DEM), na transmissão do Carnaval baiano em favor da TV Globo, de quem é aliado. A Central classificou como “atitude golpista, fascista, antidemocrática e desrespeitosa” do prefeito, que “agiu de forma desigual entre as emissoras de TV” ao atentar contra a liberdade de imprensa ao tentar barrar as transmissões ao vivo do carnaval da Bahia pela TVE”.

Conforme o comunicado, a Central considera "irresponsável" a atitude do prefeito ao proibir a instalação de câmeras da TVE no circuito do carnaval para transmissão do circuito Barra Ondina, mesmo após emissão de laudo técnico liberando a instalação.

Para a CUT Bahia, trata-se de uma "atitude mesquinha, desastrosa e arbitrária, que só fortalece sua imagem de prefeito golpista, fascista, aliado de Temer que deu o golpe na democracia brasileira para tomar de assalto um governo eleito de forma legítima e democrática para roubar direitos e conquistas da classe trabalhadora".

A TVE havia divulgado nota na quinta-feira (8), na qual manifestava o direito de ter as mesmas condições para a transmissão do Carnaval de Salvador. Após aval de técnicos da prefeitura, a própria gestão mandou retirar uma plataforma da TVE do circuito Barra Ondina.

Com a TV Educativa, pública, esta seria a maior cobertura do Carnaval baiano, com mais de 65 horas ao vivo, sendo a única emissora presente nos circuitos Barra, Campo Grande e Pelourinho.

Na quinta-feira, primeira noite do Carnaval, fiscais da prefeitura de Salvador foram até a plataforma da TVE e questionaram a presença do equipamento alegando que o mesmo poderia prejudicar a circulação de pessoas no local.

Já  a Secretaria Municipal de Desenvolvimento Urbano (Sedur) afirmou que a TVE ocupou ilegalmente uma área pública, que serve de rota de fuga para os foliões no Circuito Barra, e por isso foi obrigada pela Secretaria a desobstruir a Rua Dom Marcos Teixeira. E que uma grua estava ocupando dois terços da via de acesso, obstruindo a rota de fuga da Barra.

A Sedur disse ainda que não autorizou a instalação de outra grua da TVE na região do Farol da Barra porque a emissora não apresentou ao órgão a autorização do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico (Iphan), necessária para a liberação pela Sedur de estruturas que fiquem próximas a patrimônios históricos.

  • Imprimir
  • w"E-mail"
  • Compartilhe esta noticia
  • FaceBook
  • Twitter

Conteúdo Relacionado

TV CUT
João Felício, presidente da CSI, Confederação Sindical Internacional, presta solidariedade a sindicalistas coeranos presos.
João Felício, presidente da CSI, Confederação Sindical Internacional, presta solidariedade a sindicalistas coeranos presos.

João Felício, presidente da CSI, Confederação Sindical Internacional, presta(...)

RÁDIO CUT
INSTITUCIONAL
SECRETARIAS
ESTRUTURA

CENTRAL ÚNICA DOS TRABALHADORES DO MATO GROSSO DO SUL
Travessa Coronel Edgarde Gomes, 49 | São Tomé | CEP 79002-339 | Campo Grande | MS
Fone: (55 67) 3325.9406 / 3325.8378 | www.cut-ms.org.br | e-mail: cutms.ms@hotmail.com