Twitter

CUT MS > LISTAR NOTÍCIAS > DESTAQUES > FETEMS DEFINE COM SED O CALENDÁRIO PARA REPOSIÇÃO DOS DIAS DA GREVE

FETEMS define com SED o calendário para reposição dos dias da Greve

10/06/2015

Saiba também sobre os itens que compuseram o acordo para o fim da paralisação dos professores

Escrito por: Azael Júnior/FETEMS

A FETEMS(Federação dos Trabalhadores em Educação de Mato Grosso do Sul), se reuniu com a Secretaria de Educação nesta segunda-feira(8), para definir o calendário de reposição das aulas no período da greve. Após a mobilização dos professores, professoras e funcionários administrativos serão  necessários a reposição de seis dias letivos. 

Foi definido durante a reunião que os dias sem aulas nas escolas serão repostos aos sábados, nos dias 04/7,01/8,15/8,12/9,26/9 e 24/10. 

Na reunião foi estabelecido ainda que nos municípios em que houver atividade nas escolas durante a semana que não sejam com alunos, como por exemplo, reunião com os pais, será aproveitado esse dia para reposição de aulas e as atividades extras passarão para o sábado. 

“A solução para a reposição de aulas foi à melhor possível, pois não compromete os dias letivos, nem o calendário das férias escolares e ainda permite autonomia das unidades escolares para definir como repor as aulas”, pontuou Roberto Botareli, presidente da FETEMS.

Greve

A greve dos trabalhadores em educação de Mato Grosso do Sul aconteceu entre os dias 27 de maio e cinco de junho e foi deflagrada porque o governo do estado não cumpriu a Lei 4.464, que trata do pagamento de reajuste aos professores e integralização do Piso para 20horas, pagamento de 1/3 da hora atividade e o reajuste no salário dos funcionários administrativos da educação. 

A proposta inicial do governo em integralizar o Piso por 20 horas em 2022, foi rechaçada pela categoria durante assembleia, realizada no dia 21 de maio. Nessa proposta, o governo se quer citava o pagamento de 1/3 de hora atividade e se recusava a pagar o reajuste dos administrativos ou antecipar a data base para janeiro. 

Após os dias de paralisação e a intermediação do Tribunal de Justiça, a categoria em Assembleia Geral realizada na quarta-feira(3), avaliou uma segunda proposta do governo, prevendo a integralização do Piso por 20 horas para 2021, garantindo o reajuste anual do piso com acréscimo de 4,37% todo o mês de outubro.

Veja outros itens da proposta aprovada pela categoria: 

- Abertura de negociação para antecipação da data base dos administrativos da educação para janeiro, em conjunto com todos os sindicatos representantes das categorias de servidores públicos do estado; 

- Pagamento da diferença de 1/3 de hora-atividade, referente a 2013, previsto no artigo 23 § 3° da Lei Complementar 087/2000, a partir de janeiro de 2016. O governo propôs que este pagamento seja realizado em 11 parcelas; 

- Prorrogação do Concurso do Magistério, a FETEMS também conseguiu que o Concurso dos Administrativos fosse prorrogado; 

- Chamada do Concurso dos professores – 500 serão chamados em julho de 2015 e outros 500 em janeiro de 2016; 

- Garantia de que os administrativos da educação possam disputar eleição para diretores de escolas na Rede Estadual, diferente do que queria a Secretaria de Educação que era banir os administrativos da disputa eleitoral. 

- Eleição direta para as escolas em de tempo integral. As indígenas e educação especial ficaram para serem debatidas quando a FETEMS e governo retomarem o debate da minuta da lei que altera as eleições; 

- A FETEMS também conseguiu a garantia de não corte do ponto dos grevistas, ficando o compromisso de reposição das aulas, professor e administrativos, conforme o calendário de reposição de cada unidade escolar, como determina a legislação.

  • Imprimir
  • w"E-mail"
  • Compartilhe esta noticia
  • FaceBook
  • Twitter

Conteúdo Relacionado

TV CUT
João Felício, presidente da CSI, Confederação Sindical Internacional, presta solidariedade a sindicalistas coeranos presos.
João Felício, presidente da CSI, Confederação Sindical Internacional, presta solidariedade a sindicalistas coeranos presos.

João Felício, presidente da CSI, Confederação Sindical Internacional, presta(...)

RÁDIO CUT
INSTITUCIONAL
SECRETARIAS
ESTRUTURA

CENTRAL ÚNICA DOS TRABALHADORES DO MATO GROSSO DO SUL
Travessa Coronel Edgarde Gomes, 49 | São Tomé | CEP 79002-339 | Campo Grande | MS
Fone: (55 67) 3325.9406 / 3325.8378 | www.cut-ms.org.br | e-mail: cutms.ms@hotmail.com