Twitter

CUT MS > LISTAR NOTÍCIAS > DESTAQUES > MOVIMENTOS SOCIAIS APRESENTAM PLANO DE EMERGÊNCIA PARA TIRAR O PAÍS DA CRISE

Movimentos sociais apresentam plano de emergência para tirar o país da crise

08/06/2017

Genilson Duarte, Presidente da CUT-MS, comentou sobre a iniciativa

Escrito por: Assessoria Frente Brasil Popular MS e CUT/MS

A Frente Brasil Popular-MS apresenta nesta sexta-feira, 9, a partir das 19h, em ato na sede da CUT, em Campo Grande, o Plano Popular de Emergência, elaborado para apontar soluções políticas e econômicas para retirar o Brasil do caos instalado no país com o rompimento da ordem democrática.

Segundo Genilson Duarte, Presidente da CUT-MS, “O objetivo é incentivar o debate nas bases dos sindicatos e movimentos sociais, proporcionando a oportunidade de as pessoas apresentarem sugestões ou ideias, já que não se trata de um plano fechado e acabado. Os principais elementos são a não retirada de direitos da classe trabalhadora. O plano abrange propostas para o campo e a cidade e também uma política externa, visando melhorias para o país”.                       

O dirigente reforçou o convite à militância e aos dirigentes CUTistas “reforço convidando @s [email protected]dos nossos sindicatos cutistas, pra conhecer e fomentar o debate mas suas bases, sua participação é fundamental”.

Do ato participarão representantes de sindicatos, centrais sindicais, dos movimentos sociais, entidades de classe e partidos políticos que integram a FBP, objetivando debater os principais pontos do plano, que tem como pré-condição o fim do governo ilegítimo e a antecipação das eleições presidenciais para 2017. Segundo o documento, as propostas representam uma “alternativa para enfrentar a crise gestada pela agenda antipatriótica, antipopular, antinacional e autoritária dos golpistas.”

O plano aponta dez medidas que incluem a democratização do Estado – com aprovação urgente da reforma política e democratização do Judiciário –; política de desenvolvimento, emprego e renda; reformas agrária e tributária; defesa dos direitos sociais e trabalhistas; saúde educação, cultura e moradia; segurança pública; direitos humanos e cidadania; defesa do meio-ambiente e, por fim, política externa soberana. São dez itens subdivididos e detalhados para a discussão e abertos a sugestões.

A sede da CUT-MS está localizada em Campo Grande, na Travessa Eduardo Gomes, 49, centro.

O detalhamento de cada uma dessas propostas pode ser verificado no link a seguir: http://frentebrasilpopular.org.br/system/uploads/action_file_version/9d77f9012c03bd9ead6020e4381420f4/file/brasil-de-fatorj-222-30-05-17-frente-brasil.pdf

Contatos: 99847-1526, 99239-7026.  Lançamento Plano Popular de Emergência

 

  • Imprimir
  • w"E-mail"
  • Compartilhe esta noticia
  • FaceBook
  • Twitter

Conteúdo Relacionado

TV CUT
Tutorial: Saiba como participar da campanha pela anulação da Reforma Trabalhista
Tutorial: Saiba como participar da campanha pela anulação da Reforma Trabalhista

#AnulaReforma

RÁDIO CUT
INSTITUCIONAL
SECRETARIAS
ESTRUTURA

CENTRAL ÚNICA DOS TRABALHADORES DO MATO GROSSO DO SUL
Travessa Coronel Edgarde Gomes, 49 | São Tomé | CEP 79002-339 | Campo Grande | MS
Fone: (55 67) 3325.9406 / 3325.8378 | www.cut-ms.org.br | e-mail: cutms.ms@hotmail.com