Twitter

CUT MS > LISTAR NOTÍCIAS > DESTAQUES > FETEMS REALIZA DEBATE EM ALTO NÍVEL COM OS CANDIDATOS AO GOVERNO DE MATO GROSSO DO SUL

FETEMS realiza debate em alto nível com os candidatos ao governo de Mato Grosso do Sul

13/09/2018

Plenário do evento ficou lotado para acompanhar o debate

Escrito por: Assessoria FETEMS

FETEMS debate com candidatos governo msO Debate 2018 realizado dia 12 de setembro, entre os candidatos ao governo do Estado e organizado pela FETEMS (Federação dos Trabalhadores em Educação de Mato Grosso do Sul) contou com a presença do Juiz Odilon de Oliveira (PDT), Junior Mochi (MDB), Marcelo Bluma (PV), João Alfredo Danieze (PSOL) e Humberto Amaducci (PT), autoridades locais, movimentos sociais e sindicais e com a participação dos(as) profissionais em Educação dos 74 SIMTED’s. O candidato e atual governador Reinaldo Azambuja (PSDB) não compareceu.

O mediador foi o Presidente da CNTE, Heleno Araujo, com a colaboração da Secretária de Comunicação da FETEMS, Deumeires Batista de Souza Rodrigues de Morais e durante quase três horas de debate, os postulantes apresentaram suas propostas e puderam fazer perguntas para seus concorrentes. O primeiro bloco foi de apresentação do plano de governo para a Educação, onde cada candidato pode esboçar suas propostas de forma cortêz e respeitosa.


A Presidenta em exercício da FETEMS, Sueli Veiga disse que “o debate proporcionou a oportunidade de conhecer e ouvir o que cada candidato pretende realizar para que a educação seja motivo de orgulho para população e, também, para todos(as) os(as) trabalhadores(as) da área”. 


“O debate foi muito bom, participativo, de alto nível. Tivemos a presença de 5 dos 6 candidatos. Lamentamos a ausência de Reinaldo Azambuja. Mas, isso não atrapalhou o brilho e não diminuiu a importância do debate”, observou. 


O candidato Marcelo Bluma (PV), o primeiro candidato sorteado para falar sobre a proposta de governo para educação, disse que seu compromisso será com os professores (as) e buscará junto a categoria o nome que ocupará a pasta de Secretário (a) de Educação. 
“Não vou partidarizar a Secretaria de Educação. Tenho o compromisso de valorizar os trabalhadores (as) em educação do estado que vem sofrendo com os desmandos do atual governo de Reinaldo Azambuja”, completou.


O Junior Mochi (MDB) disse que a primeira missão que irá cumprir como governador se for eleito, será cumprir o Plano Estadual de Educação que ele contribuiu na elaboração, que é um plano que tem validade por 10 anos de 2014 a 2024. “Não tem sentido você não respeitar aquilo que foi objeto de construção coletiva por várias instituições que trabalham com educação. E lá estão estabelecidas as cinco metas, desde a educação infantil, ensino fundamental, médio, profissionalizante e superior, pontou.


O candidato do PSOL João Alfredo Danieze, na sua exposição disse que é muito importante investir massivamente em educação para reduzir as desigualdades sociais. “O estado tem três objetivos: construir uma sociedade livre e justa e combater a discriminação, garantir o desenvolvimento social. Isto está no artigo terceiro da Constituição Estadual. 


“Quero melhorar os salários dos(as) professores (as), quero investir em infraestrutura nas escolas, padronizar a merenda escolar, para que os alunos tenham merenda de qualidade. Vamos criar o Projeto Escola Nota 10, dando o décimo quarto e quinta salários aos(as) professores(as)”, exemplificou.


O candidato Juiz Odilon de Oliveira (PDT) reforçou que ele é o exemplo claro, evidente e verdadeiro de que só a educação transforma as pessoas. “Nenhum país se desenvolve economicamente, socialmente sem a participação dos (as) professores (as), que são fundamentais no desenvolvimento da economia. A relevância social do papel do educador (a) é indiscutível, enalteceu.


O Humberto Amaducci (PT) afirmou que o compromisso com a Educação teve início com a chegada do ex-presidente Lula, quando Zeca do PT governou o estado de Mato Grosso do Sul. “Temos que valorizar os (as) professores e os (as) funcionários (as) administrativos do nosso estado que cuidam de nossas crianças quando chegam nas escolas. Por isso, vamos governar juntos com vocês, pontou.

Casa lotada debate Fetems Eleições 2018

Quase chegando ao fim do Debate, a FETEMS entregou um documento com suas pautas e reivindicações da categoria que foram entregues a cada candidato que assinaram e se comprometeram com a Federação.


Além disso, tivemos a presença e entrega de documentos do Fórum dos Servidores; do Conselho de Saúde; do Conselho de Diretores de Escola e dos Educadores Indígenas. Só temos a agradecer a todos! 

“Parabenizo todos os membros da Diretoria da FETEMS, todos os SIMTEDs e a todos e todas que participaram do debate. Como sempre, os nossos SIMTEDs foram fundamentais para o sucesso do debate!


Também foi muito importante o trabalho, o envolvimento e a organização de todos (as) os funcionários (as) da FETEMS, finalizou a Presidenta em exercício da FETEMS, Sueli Veiga

Sueli Veiga Presidente FETEMS em exercicio

 

  • Imprimir
  • w"E-mail"
  • Compartilhe esta noticia
  • FaceBook
  • Twitter

Conteúdo Relacionado

TV CUT
João Felício, presidente da CSI, Confederação Sindical Internacional, presta solidariedade a sindicalistas coeranos presos.
João Felício, presidente da CSI, Confederação Sindical Internacional, presta solidariedade a sindicalistas coeranos presos.

João Felício, presidente da CSI, Confederação Sindical Internacional, presta(...)

RÁDIO CUT
INSTITUCIONAL
SECRETARIAS
ESTRUTURA

CENTRAL ÚNICA DOS TRABALHADORES DO MATO GROSSO DO SUL
Travessa Coronel Edgarde Gomes, 49 | São Tomé | CEP 79002-339 | Campo Grande | MS
Fone: (55 67) 3325.9406 / 3325.8378 | www.cut-ms.org.br | e-mail: cutms.ms@hotmail.com